Home
Fique por dentro das notícias do mundo gospel.

Sua chance de fazer uma viagem internacional

A Campanha PAM+ 1 está de volta! Disposta a incentivar viagens ao campo missionário e despertar novos adotantes para o Programa de Adoção Missionária (PAM), a JMM relança esta campanha que premiará os adotantes com uma viagem a um campo missionário. Em 2008 o ganhador foi o Pr. Gerval Pereira, pastor (e também Promotor de Missões) da Igreja Batista Nova Jerusalém, em Aracaju/SE. Em 2009 pode ser você!

Em janeiro começa a segunda edição da Promoção PAM+1. Faça como o Pr. Gerval Pereira, ganhador do PAM+1 em 2008. Mobilize sua igreja, amigos, parentes… Você poderá participar e também ganhar uma viagem para um campo de Missões Mundiais. Prepare-se!

Confira o regulamento abaixo.
REGULAMENTO PROMOÇÃO PAM + 1

1. Este programa é realizado pela JUNTA DE MISSÕES MUNDIAIS DA CONVENÇÃO BATISTA BRASILEIRA, com sede à Rua Senador Furtado, 71, Praça da Bandeira, RJ – CEP 20270-021 e inscrita no CNPJ sob o Nº 34.111.088/0001-30. O programa é dirigido todas a pessoas físicas membros das Igrejas Batistas filiadas a Convenção Batista Brasileira domiciliados no Território Nacional ou membros de igrejas filiadas a AIBBAN (Associação de Igrejas Batistas Brasileiras na América do Norte) e será realizado no período de 01/01/2009 a 31/12/2009.

2. Poderão participar do programa pessoa física: com idade mínima de 18 anos; cadastradas no PAM com adoção financeira de missionário ou projeto e que estiverem em dia com suas contribuições, no mínimo, nos 6 (seis) últimos meses que antecedem a apuração.

3. O programa premiará o 1º, o 2º e o3º lugares que atingirem, no período de realização do programa, o maior número de adoções ou reativações (adotantes inativos há mais de 3 meses), considerando o piso mínimo de 50 novas adoções ou reativações, com o valor mínimo de R$ 20,00 (vinte reais) cada ou adoções que correspondam ao valor total estabelecido (50 x R$ 20,00 = R$1.000,00/mês).

O período para verificação da fidelidade das contribuições será entre 01/01/2009 e 31/12/2009, levando em conta que é preciso que os novos adotantes ofertem, sem interrupção, no período mínimo de seis meses antes do início da apuração. As adoções podem ter sua origem em igrejas, pessoas físicas, grupos e empresas. A migração de adoção pré-existente antes do período do início do programa para um novo missionário, não será computada como nova adoção, nos termos deste regulamento.

4. As adoções devem ser enviadas para JMM à medida que forem sendo concretizadas. No caso de adoção por ficha impressa com carta resposta no verso, o selo já está pago. As fichas também poderão ser enviadas para os faxes (21) 2122-1944 ou 2122-1911. O envio das adoções compreende no início imediato da contagem da pontuação do participante.

5. Estarão inscritos automaticamente no programa aqueles que atenderem aos itens 1 e 2. A adoção de um missionário ou projeto poderá ser realizada através das fichas disponíveis no Jornal de Missões, nos encartes nas revistas denominacionais, no material promocional da Junta de Missões Mundiais ou no Portal JMM (www.jmm.org.br); as fichas também podem ser solicitadas ao setor do PAM pelo e-mail pam@jmm.org.br, aos representantes de Missões Mundiais (veja relação no Portal da JMM) ou na sede da JMM ou pelo 0800 709 1900.

6. A viagem será realizada mediante a confirmação: do documento de identidade (RG/CPF/CNH), da carta da igreja assinada pelo pastor ou pelo representante legal da igreja comprovando que o Promotor atua na igreja onde é membro; do comprovante de residência no endereço do adotante; e do atendimento dos seguintes requisitos para o envio de voluntários ao campo missionário:

6.1 – Ser membro de uma igreja evangélica há pelo menos 1 (um) ano;

6.2 – Carta de Recomendação da Igreja;

6.3 – Estar disposto a apoiar o missionário visitado enquanto estiver no campo;

6.4 – Arcar com a despesa de alimentação, visto que a hospedagem se dará conforme o item 11;

6.5 – Ter completado, pelo menos, o Ensino Fundamental (antiga 8ª Série);

6.6 – Ter saúde física e psicológica;

6.7 – Participar e ser aprovado em entrevista presencial e aprovação do questionário confidencial;

6.8 – Estudar o Manual do Voluntário da JMM;

6.9 – Apresentar cópia da seguinte documentação: RG, título de eleitor, CPF, carteira de reservista, passaporte, carta de recomendação da igreja e carteira de vacinação.

7. As adoções dos participantes serão monitoradas pelo sistema de informação da JMM que, após o encerramento do prazo definido no item 3, apurará (no período de 01/01/10 a 28/02/10) os participantes e resultados. A apresentação dos vencedores será realizada nos seguintes veículos da JMM: A Colheita, Portal e Jornal de Missões.

9. O participante deverá identificar as fichas dos novos adotantes com seu código de adotante e nome completo como responsável pelas novas adoções. Este número consta no cartão do adotante e no endereçamento postal apresentado no envelope dos informativos periódicos. Também poderá ser obtido através da Central do Adotante – 0800 709 1900 – (somente serão aceitas chamadas originadas em telefones fixos, de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 17h30).

10. Para que a passagem seja concedida a um casal (legalmente casado), o número mínimo de adoções ou reativações fiéis deve ser multiplicado por dois.

11. Os ganhadores serão contemplados com uma viagem, via aérea, a um dos campos conforme necessidade da JMM e perfil do voluntário: na América do Sul (Chile, Uruguai, Paraguai, Bolívia, Peru, Equador ou Colômbia) ou África, sempre conforme viabilidade do visto de entrada e situação do país.

12. A viagem acontecerá entre os meses de abril e junho ou setembro e novembro, a partir da apuração dos resultados. Não haverá possibilidade de remarcar fora desse período. Local de hospedagem: nas igrejas ou na residência de crentes locais conforme realidade do campo a ser visitado.

13. A responsabilidade da Promotora com o participante ganhador encerra-se no momento da entrega e será comprovada mediante a assinatura de recibo ou por meio de duas testemunhas, no caso de recusa na assinatura do referido recibo.

14. A Promotora não se responsabiliza pelos procedimentos e taxas de visto e passaporte.

15. A viagem é nominal e intransferível e não poderá ser distribuída ou convertida, total ou parcialmente, em dinheiro.

16. As despesas de viagem serão pagas a partir do embarque internacional para o campo missionário. No caso dos residentes no Brasil, Rio de Janeiro ou São Paulo.

17. Os ganhadores concordam em permitir a utilização de seus nomes, imagens e sons de vozes para a divulgação do Programa e seus resultados, após o término do Programa, sem quaisquer ônus para a JMM.

18. É de responsabilidade exclusiva da Promotora a observância da não-participação de pessoas jurídicas, além de missionários, funcionários e representantes da JMM, assim como seus cônjuges e filhos.

19. Os participantes poderão ser excluídos, automaticamente, do Programa em caso de fraude comprovada e/ou em decorrência de informações incorretas ou equivocadas, de acordo com as regras do regulamento do Programa.

20. A Promotora não se responsabilizará pelas adoções através do Site ou pelo telefone 0800 107 1900 que não forem realizadas por problemas na transmissão de dados, no servidor, em provedores de acessos dos usuários, por erros na leitura das frases, ou ainda, por falta de energia elétrica, sem exclusão das demais situações decorrentes de caso fortuito ou força maior.

21. As dúvidas dos participantes serão exclusivamente dirimidas pela JMM.

22. A viagem tem objetivo exclusivamente missionário. O destino sempre será uma cidade onde a JMM tem missionário(s), atendendo sempre o item 11.

23. Como voluntários, os participantes devem respeitar as regras do país que estarão visitando (questões culturais, políticas etc.).

 

Fonte: www.jmm.org.br

Tags: , ,

1 Comentário

  1. eu sou da ibns e eu queria muito ir fazer missoes nos campos ganhar vidas para cristo (fazer o IDE)

Faça seu comentário