Home
Fique por dentro das notícias do mundo gospel.

Gripe A (H1N1) impede a realização de cultos em igrejas no Sul do país

Por conta da situação emergencial provocada pela gripe A (H1N1), algumas igrejas da região Sul do país estão impedidas de realizar cultos. A medida de segurança está sendo adotada por autoridades municipais por meio de decretos. Os missionários e líderes denominacionais que atuam na região pedem aos batistas que intercedam pela situação.

“Domingo não tivemos culto. Nenhuma reunião pode ser feita na igreja. O Decreto é por tempo indeterminado. Creio que será durante todo o mês de agosto”, comentou um pastor de Rosário do Sul, município localizado na região central do RS. Nessa cidade, foi constatada a segunda morte provocada pela Gripe A. Segundo informações não-oficiais, mais de 15 funcionários do hospital da cidade estão com sintomas da doença.

Pelo decreto municipal, também estão proibidos shows, festas em boates e danceterias. As autoridades também avaliam a possibilidade de adiar a volta às aulas, esticando o período de férias.

O município de Uruguaiana também proibiu encontros públicos. Uma igreja chegou a ser notificada pela Secretaria de Saúde. Conforme o decreto 228/2009, as igrejas deverão permanecer fechadas enquanto persistir a situação de emergência no município.

No Paraná, a Primeira Igreja Batista de Curitiba reduziu o período do culto e, orientados pelo pastor Paschoal Piragine Jr., está adotando medidas de cautela. “Todos receberão máscaras, e serão orientados a higienizar as mãos com álcool, bem como sentarem-se no templo sempre deixando uma cadeira vaga ao seu lado”.

Além disso, a igreja está envolvida numa campanha de oração em favor da cidade, clamando a Deus por misericórdia em meio à calamidade. Serão 30 dias de oração, onde as famílias estão sendo orientadas a separarem um tempo específico para a oração intercessória.

Fonte: Missões Nacionais

Tags: , , , ,

Faça seu comentário