Home
Fique por dentro das notícias do mundo gospel.

Federal de Pernambuco abre inscrições para o vestibular 2011

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) abriu nesta quinta-feira (8) as inscrições para a segunda fase do vestibular 2011. A UFPE vai adotar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como primeira fase do processo seletivo.

Os interessados devem se inscrever pelo site www.covest.com.br até 10 de outubro. A taxa de inscrição, no valor de R$ 80, deve ser paga em qualquer agência do Banco do Brasil.

Os pedidos de isenção da taxa podem ser feitos até a próxima terça-feira (14). A Covest vai conceder até 10 mil isenções. Os beneficiados serão conhecidos no dia 28 de setembro. De 29 de setembro a 10 de outubro, eles devem efetuar suas inscrições pelo site.

Neste processo seletivo serão disponibilizadas 6.390 vagas. Outras 25 para o curso de oceanografia serão preenchidas via Sistema de Seleção Unificada (SiSU). A lista dos classificados será divulgada até 31 de janeiro de 2011.

O processo de inscrição será o mesmo do ano passado. A primeira informação que o candidato terá de fornecer será o seu próprio CPF, e não de familiares, parentes ou amigos.

Durante o preenchimento do formulário eletrônico será permitido fazer o upload de uma foto, que será anexada à inscrição. Caso não seja possível fazer o envio do arquivo, ele poderá colar a foto no próprio Comunicado de Confirmação de Inscrição (CCI) que será entregue ao fiscal no primeiro dia de prova.

Os candidatos aos cursos dos três campi da UFPE que concluíram o ensino médio em escola pública municipal ou estadual de Pernambuco terão direito ao incentivo de 10% no argumento final de classificação do vestibular.

Para os campi Vitória e Caruaru, os candidatos vindos de escolas privadas do interior pernambucano, situadas fora do Recife e Região Metropolitana, terão direito a 5% de acréscimo na média. Nenhum tipo de bônus será válido para estudantes de escolas públicas vinculadas a instituições públicas de ensino superior.

Pontuação
As notas dos candidatos nas quatro provas objetivas do Enem serão convertidas para uma escala de zero a dez pontos, somadas e divididas por quatro. Esse desempenho será a nota da primeira fase do vestibular e vai corresponder a 50% da sua média final. Os outros 50% serão calculados a partir do desempenho do candidato nas provas da segunda etapa.

As provas da segunda etapa ocorrem em 5 e 6 de dezembro. Todos farão a prova de português 1 (duas questões discursivas), além de outro teste específico (que poderá ser história ou química), no primeiro dia. No dia seguinte, serão aplicadas as provas de geografia, matemática, física, língua estrangeira, literatura, biologia, português 2, teoria musical e geometria gráfica.

Com exceção da prova de português 1, cada um dos testes terá 16 questões objetivas de proposição múltipla, de múltiplas escolhas e/ou numéricas (exceto para os candidatos aos cursos de arquitetura, design e expressão gráfica, que poderão fazer questões de resolução gráfica caso lhes seja exigido).

O candidato que obtiver nota zero ou faltar a qualquer uma das provas da primeira ou da segunda etapas será eliminado do processo.

Fonte: G1

Tags: , , , , , , ,

Faça seu comentário