Home
Fique por dentro das notícias do mundo gospel.

Para refletir: Por que adorar a Deus?

O motivo primário pelo qual devemos adorar a Deus é porque ele é digno de nossa adoração[1]. Essa foi a crença inicial dos protestantes descrita na Confissão de Fé de Westminster. Eles criam que “o principal alvo do homem era glorificar a Deus e alegrar-se nele eternamente” (HESSION apud SHEDD, 2007, p. 11). Deus é o criador do universo. Ele é santo, justo e perfeito em santidade. Com poder e justiça criou todas as coisas existentes. Estabeleceu os limites e determinou a atuação de cada força que rege o universo. Ele o mantém em equilíbrio e o sustenta. E é o único que tem poder para realizar tais feitos. Portanto é merecedor de toda nossa confiança e devoção. A Bíblia está recheada de textos que exaltam e dignificam a Deus[2]. É ela que declara e fundamenta essa autoridade.

A Bíblia fala em Efésios[3] que fomos feitos para o louvor da sua glória. Vamos analisar nossa situação antes de conhecer a Deus. O homem sem Deus está afastado do propósito pelo qual foi criado. O Deus da Bíblia é um ser relacional. Alguém que tem prazer em se relacionar com o homem. Uma prova disso é que Ele mesmo existe em comunhão consigo mesmo, onde cada pessoa da trindade se relaciona com as demais em harmonia. O Pai com o Filho e com o Espírito, o Filho com o Pai e o Espírito, e o Espírito com o Pai e o Filho. Mesmo Deus sendo completo em si mesmo por natureza, em sua soberania Ele escolheu criar o homem para que se relacionasse consigo. Infelizmente esse propósito da vida humana foi perdido por causa do pecado. Com a queda, o homem deixou de adorar o Criador e passou a adorar a criatura[4]. Essa mudança no estado espiritual do homem, de vivos para mortos, fez com que este se desviasse do relacionamento com Deus. Porém, o plano de Deus para o homem não está frustrado por causa do pecado, nos trazendo a salvação por meio de seu filho Jesus, o Cristo. Então, o homem deve adorar a Deus para cumprir o propósito de se relacionar com Ele, propósito esse que foi resgatado pela obra de Jesus na cruz.

A salvação em si, é outro motivo para a adoração. Não apenas pelo fato de restaurar o homem ao seu propósito inicial de existir para o louvor da glória de Deus. Mas porque o leva a um sentimento de gratidão a Deus. Se dissermos que adoração é uma expressão íntima de amor de uma pessoa à outra*, então a adoração cristã pode ser compreendida como o desejo íntimo de expressar amor e gratidão a Deus, pelo que ele é e fez. Nosso estado, antes de conhecermos a Jesus Cristo, era de espiritualmente mortos. Condenados a passar a eternidade longe de Deus e seu amor. Porém, recebemos por meio de Jesus a condição de sermos feitos filhos de Deus[5].

Fonte: http://www.cristianismoeteologia.com.br/2011/07/por-que-adorar-deus.html

Tags: , , ,

Faça seu comentário